Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Mestrados da Unespar recebem a primeira avaliação após implantação

Mestrados da Unespar recebem a primeira avaliação após implantação

A Universidade Estadual do Paraná (Unespar) possui, atualmente, dois programas próprios de mestrado. Um deles é o programa em Formação Docente Interdisciplinar (PPIFOR) ofertado no campus de Paranavaí e o outro é o Interdisciplinar Sociedade e Desenvolvimento (PPGSeD) do campus de Campo Mourão. Nesta terça-feira (19), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) publicou o resultado da avaliação realizada.
De acordo com a divulgação, ambos receberam o conceito 3. Trata-se da primeira avaliação completa dos programas. Como informa a Capes, os cursos abertos recentemente e que participam pela primeira vez do processo, geralmente mantêm a nota inicial de recomendação, como é o caso da Unespar. Na comparação com o que se apresentou, a universidade enquadra-se entre os 67% (maioria) que tiveram as notas mantidas.
As avaliações foram concluídas em agosto por comissões formadas por especialistas de diferentes áreas do conhecimento. As análises utilizaram como base as informações fornecidas por meio da Plataforma Sucupira pelas coordenações dos programas. Os critérios de avaliação consideram cinco quesitos: proposta do programa, corpo docente, corpo discente, produção intelectual e inserção social.
Mestrados profissionais
A Unespar tem em funcionamento outros dois programas de pós-graduação profissionais: o de Ensino de História (ProfHistória) e o de Filosofia (Prof-Filo). O primeiro funciona no campus de Campo Mourão e o segundo no campus de União da Vitória. Como foram implantados há pouco tempo ainda não integram a lista da Capes.
Crescimento
A Capes identificou que o Sistema Nacional da Pós-Graduação (SNPG) cresce de forma sustentável e contínua. No período de 2013 a 2016, houve um aumento de 25% no número de programas de pós-graduação brasileiros. Em dados absolutos, a porcentagem representa 4.175 programas.
No quadriênio apurado, houve um aumento de 77% no número de cursos de mestrado profissional. O mestrado acadêmico e o doutorado também evoluíram atingindo um percentual de aumento de 17% e 23%, respectivamente.